Will & Will – Um nome, um destino

Desde que eu comecei a escrever (profissionalmente) eu sempre soube que para ser uma boa escritora, antes de tudo deveria ser uma boa leitora. E a verdade é que acredito que ser uma boa leitora deve ser pré-requisito para todas as profissões do mundo.

Mas, com tanta coisa para se fazer, acabamos deixando essa função um pouco esquecida. Então aproveitei esse final de ano um pouco mais tranquilo milagre para colocar algumas leituras em dia. Além de terminar de ler o livro que inspirou a série Orange is the new black finalmente comecei a ler o livro “Will Grayson & Will Grayson”, uma parceria entre John Green e David Levithan. Um, especialista em best sellers sobre o amor e o outro um dos maiores ícones da literatura LGBT, era de se esperar que o resultado deveria ser no mínimo, brilhante, não é?

O livro conta a história de dois meninos, chamados Will Grayson, que têm seus caminhos cruzados e misturados em meio a incidentes de vidas um tanto quanto difíceis. O que mais têm em comum é o fato de estarem tentando descobrir, afinal, will_grayson_will_graysonquem eles são. Com a ajuda de amigos, inimigos e família, eles vão encarando essa fase tão difícil que é a adolescência.

Um deles, deprimido, gay e sozinho e outro um típico adolescente que vive nas sombras de seu amigo Tiny, gay e a pessoa mais extravagante da escola. Quando esses mundos se chocam muita coisa acontece. E quando você acha que os personagens principais são os dois meninos, você descobre, que na realidade, o personagem principal do livro é o amor. Não importa em qual forma, o amor é o que rege essa história e a vida desses personagens que, com certeza, você vai se identificar.

No Brasil, o livro está sendo chamado de “Will & Will – Um nome, um destino” e pode ser encontrado em várias livrarias e também em formato digital para quem prefere. Não preciso nem dizer que fica como dica para presentes de natal, não é?

Desiree

Sapatão convicta. Nunca recuso uma cerveja gelada e batata frita. Amo samba, pagode, funk, etc. Me chama pro barzinho, pra baladinha, pra show... pode escolher, eu topo! Geminiana com ascendente em câncer.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.