Vencedora de festival da Irlanda é gay

O Rose of Tralee é um dos festivais mais antigos da Irlanda, com 55 anos de existência. Ele leva jovens de ascendência irlandesa do mundo todo para Count Kerry, para celebrar a cultura do país. Um dos pontos altos é a coroação da Rosa de Tralee.

Em meio a festa de rua, carnaval, shows, teatro, circo, parque de diversões e fogos de artifício, o festival elege uma das participantes como a “rosa” do festival. Este ano venceu Maria Walsh, 27 anos, que em seguida deu entrevistas e declarou que é gay.

“Para mim, ser gay é normal. Contei aos meus pais e eles me deram apoio, como eu sabia que dariam. Estou confiante em quem eu sou como pessoa”.

Nascida em Boston, Massachusetts (EUA), Maria se formou em Jornalismo e Mídia Visual na Griffith College, depois mudou-se para Nova York e hoje vive na Filadélfia.

“Eu não tenho vergonha da minha sexualidade”, ela disse ao jornal irlandês “Sun” no domingo (24). “A Rosa de Tralee é uma comemoração da inteligência das mulheres, suas carreiras, seu trabalho voluntário. A questão da sexualidade nunca interferiu, ser gay é normal… É natural”.

A nova Rosa de Tralee contou que começou um relacionamento com uma mulher há alguns anos atrás, que durou dois anos, mas agora ela está solteira.

Para o presidente-executivo do festival, Anthony O’Gara, disse é provável que a sexualidade de Walsh “crie algum interesse, espero que positivo”.

Ceds Rio

Desiree

Sapatão convicta. Nunca recuso uma cerveja gelada e batata frita. Amo samba, pagode, funk, etc. Me chama pro barzinho, pra baladinha, pra show... pode escolher, eu topo! Geminiana com ascendente em câncer.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.