Universidade Federal do RJ aceitará nome social

A Universidade Federal do RJ, uma das maiores do país e do estado, anunciou que a partir desta semana, mais precisamente, a partir de quinta (12), os alunos transgêneros, travestis e transexuais, poderão usar o nome social em registros acadêmicos.

A decisão ja foi repassada aos diretores dos cursos e será publicada no boletim interno na própria quinta (12). O nome social poderá ser usado nos diários de classe, listas de presença, colação de grau, monografia e no SIGA, o sistema de gestão académica que os alunos utilizam para entregar trabalhos, se matricular nas aulas e manter contato com os professores.

Para utilizar o direito, os estudantes maiores de 18 anos podem cadastrar o nome social no SIGA e não será necessário o requerimento administrativo. Porém, os menores de 18 deverão requerer o cadastramento e apresentar autorização dos responsáveis legais.

Porém, esta medida não inclui documentos que a faculdade considere oficiais como diplomas, certificados e boletins.

Desiree

Sapatão convicta. Nunca recuso uma cerveja gelada e batata frita. Amo samba, pagode, funk, etc. Me chama pro barzinho, pra baladinha, pra show... pode escolher, eu topo! Geminiana com ascendente em câncer.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.