Sonhos – conto erótico da Tha

Até em sonhos a nuance do teu corpo me persegue. Chego a sentir o cheiro dos teus cabelos, a imensidão dos seus olhos, a profundidade do teu toque e a suavidade dos teus passos em minha direção. É a loucura da alma, o descontrole do desejo e a vontade do querer. Querer seu desejo no meu, querer nossas bocas inundadas por beijos, querer a insensatez perturbando nossa paz em forma de paixão. Sonhos vorazes que parecem reais. Sonhos onde a insanidade reina. Lugar onde a razão perde espaço para um estado de embriaguez sexual. A plenitude da tua presença invade meu ser. Me toma os sentidos e me envolve em tuas armadilhas de amor.

Te vejo ao longe, mas você se transporta para perto. Tão perto que chega a ser dentro de mim. E vai me perfurando o corpo como se fosse espinhos de uma flor. Rapidamente. A pressão dá lugar a suavidade do deslize de seus dedos. Não há como resistir. Para que resistir? Aceitei entrar nesse jogo, mesmo em desvantagem, mas não estou aqui para perder. Quero ganhar! Quero conquistar tudo que há em você. Então, vem e se entregar para mim. Me sinto pronta para alcançar nossos maiores sonhos.

A sua doçura me perturba os sentidos. Incendeia meu corpo. Me acelera o coração.

E quanto mais perto te sinto, maior é o desejo de está com você. Não consigo disfarça a vontade de te ter. Meus impulsos compulsivos são involuntários. O balanço do teu charme me hipnotiza o ego e me vejo sem saída diante da sua rede de sedução, porém, sou fatal. Minhas armas já estão a postos para dar início à nossa luta carnal. Sutilmente te entrelaço entre meus braços e pernas. Sinto o tremor do seu vulcão em erupção. Sua saliva é as larvas quentes me queimando os lábios em beijos. Seu suor é as chamas ardentes se dissipando sobre minha pele. E meu corpo é como as pedras amparando esse fenômeno natural.

Seu sexo lascivo se insinua para mim. Correspondo com um turbilhão de beijos deslizando por suas maliciosas curvas. Me arrisco, não há perigo que me amedronte. Você se mostra arisca, me arranha o dorso, morde os espaços milimétricos que encontra a sua disposição. O ambiente está tomado pelo odor que exala dos movimentos bruscos das nossas bucetas encharcadas e fervorosas, iluminadas por faíscas sexuais.

Uma sinfonia de sons começa a ser desenhada. Entre sussurros harmônicos e gemidos melódicos, uma invasão dérmica vai se alastrando entre nós, uma conspiração de dedos nos enlouquece as partes famintas. Invertemos a posição, minha boca no seu grelo, meu grelo em sua boca, nossos dedos ainda eufóricos penetram nossos caminhos escuros e úmidos. Eu chupo e você chupa, você mete e eu meto, e nesse vai e vem gostoso nossos quadris remexem, de um lado para o outro e de cima para baixo, rebolando ao som daquela sinfonia delirante. Ao mesmo tempo que sinto você crescendo em minha boca, posso me sentir completamente rígida em meio as carícias de sua língua. Percebo que estou no comando. Minhas atitudes refletem nas suas.

Então, levemente, com a ponta da minha língua vou percorrendo o contorno da sua buceta, que vai se abrindo ao sentir meus deslizes. Em um instante me concentro na região mais sensível entre suas pernas enquanto meus dedos vagarosamente entram e saem das profundezas do seu ser. Em mim, sua língua dança em zigue-zague, os passos se tornam mais intensos e firmes, dando voltas e mais voltas sobre meu grelo pulsante. Seguimos no mesmo ritmo, entre pulsações rítmicas e voluptuosas voltas, aos poucos vamos sentindo o prazer tomando conta de nossas mentes e corpos. É o momento em que o pensamento para, a caixa torácica expulsa o ar, o corpo contrai e o coração parece que vai explodir por bater descompassadamente. Somos gozo triunfal. Nossas pernas trêmulas acompanhadas da respiração ofegante e braços exaustos, repousam em corpos cansados sobrepostos.

Assim matamos a sede no gozo cristalino que escorre ininterruptamente… Em nós!

Bons sonhos.

sig_tha

 

Desiree

Sapatão convicta. Nunca recuso uma cerveja gelada e batata frita. Amo samba, pagode, funk, etc. Me chama pro barzinho, pra baladinha, pra show... pode escolher, eu topo! Geminiana com ascendente em câncer.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.