Rosa Dourada – Cap 5

Iniciamos a nossa conversa na sala de estar, Aninha como eu já havia dito anteriormente, era uma garota encantadora, eu era mais velha que ela apenas 1 ano, por isso existia uma preocupação de sua parte sob meus atos. De certa forma ela era um pouco mais responsável que eu, ela era o projeto de filha perfeita, sempre gostei dela do seu próprio jeito, não sentia ciúmes, pois ela era a queridinha dos nossos pais. (A preocupação dela era porque a mesma já sabia que eu costumava ficar com meninas, e ate o momento ela tinha ouvido falar que a Patrícia era “GALINHA” demais, e como nossos pais não sabiam que eu era Bi ela me ajudava a preservar minha imagem).

Mas não é exatamente sobre ela que vamos falar hoje, e sim sobre a nossa conversa, um papo cabeça o qual foi muito proveitoso. Começamos a falar da festa, onde o nosso ponto de partida foi o momento em que cheguei nela. Ela queria saber exatamente tudo o que tinha acontecido na noite passada então comecei a falar o que me lembrava…

-Bem, não me lembro exatamente tudo que aconteceu, mas vou te falar o que sei, eu acho.
-Então pode começar! Não tenho nada pra fazer hoje mesmo rsrs.

Comecei a contar todas as coisas que me lembrava da noite passada, desde o momento em que chegamos (Patrícia e eu) até o que aconteceu depois do café da manhã, demoramos horas relembrando a noite anterior… quando terminei de contar sobre o SMS que recebi da Patrícia, Aninha ficou de boca aberta, ela estava pasma com o acontecido.

-Nossa, não esperava tudo isso de uma só vez. –disse ela
-Não era o que você esperava!? Apenas te falei o que eu sei…

Depois de falar com ela, resolvi ligar para Erica e o Dionísio, só para lembrar aos dois que o cineminha que vamos pegar essa noite ainda esta de pé. O resto do meu dia foi tranquilo, revisei algumas matérias da escola… fiquei estudado até às 19h, em seguida fui me trocar para sair com os dois, afinal Erica e Dionísio eram os meus melhores amigos, (Ou melhor ainda, como o Dionísio costumava nos chamar: “The Bests”) fiquei de me encontrar com eles no Shopping… Nossa noite foi TOP! Após o filme colocamos o papo em dia, mas não contei nada sobre o ocorrido da noite passada.

Cheguei em casa cedo, afinal no dia seguinte já era segunda-feira e eu tinha aula pela manhã, queria dormir logo pois estava ansiosa para ver a Patrícia… tudo isso entre nós duas era muito novo para mim, nunca cheguei a imaginar que algum dia sentiria algo tão forte por uma mulher, um sentimento inicialmente bom, mas pavoroso só de imaginar o que poderia acontecer se alguém descobrisse.

Fui dormir por volta das 23h, estava muito, mais muito ansiosa mesmo para ver a Patrícia… não consegui pegar no sono rápido, pois lembrava da nossa noite anterior e pensava em vê-la pela manhã.

sig_clara.png

Desiree

Sapatão convicta. Nunca recuso uma cerveja gelada e batata frita. Amo samba, pagode, funk, etc. Me chama pro barzinho, pra baladinha, pra show... pode escolher, eu topo! Geminiana com ascendente em câncer.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.