Rosa dourada – Cap 29

Antes de sair ao encontro de Patrícia, fiquei respondendo algumas curiosidades da Aninha. Havia prometido responder tudo que ela perguntasse. Erro meu, ela levou o dito ao pé da letra. Era uma pergunta mais pessoal e constrangedora que a outro.

– Sexo agora, como é que você chega e tal? Como é esse momento entre vocês duas?
– Não vou responder. Acho isso muito íntimo. Então, não.
– Você prometeu. Vai, fala.
– Ta bom… Eu começo com beijos lentos provocando-a, depois puxo forte na cintura falando sacanagens em sussurros, fazendo ela querer mais, buscar minha boca e eu brincar com seu corpo e ao mesmo tempo apreciá-la, fazê-la minha por aquele momento tão íntimo e de prazer carnal… Faço ela querer cada vez mais, e quando vejo que ela está no apse do orgasmo prestes a gozar, eu diminuo o ritmo fazendo o momento ser mais duradouro.
– Nossa… Sem palavras.
– Maninha, já está na minha hora, mais tarde falo contigo.
– Beleza, até logo.

Aninha ficou rindo enquanto eu saía, nunca imaginei que um dia iria responder esse tipo de pergunta. Muito menos que iria responder para a minha irmã mais nova. Era constrangedor e ao mesmo tempo assustador.

Marcamos de nos encontrarmos na praça de alimentação do shopping e quando cheguei estavam com ela o Di e a Érica. Não sabia o motivo deles estarem lá com ela, que eu saiba eles não eram tão amigos assim e o papo fluía com uma imensa tranqüilidade.

– O que vocês estão fazendo aqui?
– A Patrícia disse que tinha uma coisa para contar para a gente.
– Contar? Contar o que?
– Érica, Di, queria dizer a vocês que a Sarah e eu estamos namorando.
– Eu sabia, está vendo como eu estava certo Érica?!
– Sabia?? Como assim Di?
– Não era normal a proximidade que vocês duas tem, apenas um casal tem esse tipo de proximidade e intimidade. Fiquei também sabendo da briga com a Camila, e foi a partir daí que minhas especulações ficaram certas. E agora que a Patrícia disse comprovei tudo.
– Estou feliz por vocês duas.
– Amor, Di e Erica, o que acham de um cineminha agora?
– Eu topo, vamos todos rsrs.

Com isso a noite estava apenas começando e teria um belo final.

Desiree

Sapatão convicta. Nunca recuso uma cerveja gelada e batata frita. Amo samba, pagode, funk, etc. Me chama pro barzinho, pra baladinha, pra show... pode escolher, eu topo! Geminiana com ascendente em câncer.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.