Rock in Rio 2013 visto de dentro, por nós

Bom, um evento deste tamanho não poderia passar despercebido não é? Ainda mais quando reunimos tantas pessoas em um só lugar. O HPM foi em todos os dias do primeiro fim de semana (por isso ficamos tão distante daqui) e veio contar pra vocês o que rolou.

Lembrando que as opiniões são nossas, se não concorda, comente e me convença do contrário (ou não).

Dia 13/09 – Abertura

Não preciso nem dizer que o grande show da noite era o da Beyonce né? Todo mundo esperando a diva das divas entrar e arrasar. Olha gente, como é dificil falar meio mal de uma diva né? Bom, vamos em ordem primeiro.
Tributo ao Cazuza foi tudo de fofo e lindo. Nada como ouvir todas aquelas músicas lindas na voz de Bebel Gilberto, Maria Gadú, Paulo Miklos e etc…maravilhoso, ótimo para começar. Depois veio a nossa amada Veveta. Ivete Sangalo colocou a galera para dançar e pular bastante, mas sinceramente? Deu mole quando tocou duas músicas lentas e algumas outras novas que ninguém conhecia. Mas bom, veveta será sempre veveta. Aí veio o tão falado David Gueta. Boooooooooooring. Chato gente. Fora as músicas que tocam na rádio e todo mundo sabe cantar ele foi chato e pronto. Aí vinha a D-I-V-A Beybey. Linda, gostosa, maravilhosa, dançarina e só. Pois é gente, o show dela é lindo de se ver, mas para quem já estava cansado do dia todo, para quem estava de longe (a grande maioria) e para quem precisava de música agitada para dançar, Beybey não foi tudo isso não. Esperávamos mais. Mas enfim, continua sendo Diva-mor, ainda mais quando cantou Whitney Houston e emendou em Halo. Foi sensacional, sem dúvidas.

Uma coisa que me chamou atenção foi a quantidade de casais gays no evento. Aliás, até minha mãe veio me perguntar sobre isso (sim, eu fui com mamãe, sou linda). E conversa vai, conversa vem chegamos a conclusão que por algum motivo as pessoas se sentem muito bem e mais soltas lá dentro então aqueles casais que de repente se conteriam no cinema se soltam, trocam carinhos e beijos lá dentro e ó, que coisa linda de se ver esse povo todo lá hein. Fiquei emocionada com isso. Sou boba.

Dia 14/09 – Florence e ponto.

A verdade é que eu não ia no dia 14, decidi na quinta feira comprar os ingressos (eu e meu amô fomos) só para ver Florence-minha-paixão. Aproveitei para chegar cedo, já que não tinha conseguido fazer isso na sexta (obrigada, chefe) para conhecer todos os estandes e novidades por lá. Peguei todos os brindes (pobreza, sim) tirei fotos demais, comprei boné e essas palhaçadas todas. Depois comecei minha sina por um bom lugar para ver Florence-meu-amor. Só que antes tinha o show do Thirty Seconds to Mars. E te falar, não foi ruim não, as poucas músicas que eu conhecia deles eu curti bastante e o Jared descendo na tirolesa foi beeeeem legal. Bom, aí era minha hora né? Vem ni mim sua Florence. Gente, acho que não tenho palavras suficientes para descrever esse show (nem preciso, assista aqui) e olha, o dinheiro mais bem gasto do meu ano. Eu pulei, gritei, dancei, me emocionei, agarrei meu amor, quase chorei e pulei de novo. Nunca vi uma presença de palco tão sensacional como a dela. Resultado? Não fiquei para ver Muse porque não era ninguém mais.

florence-7
Florence, minha querida, você é minha DIVA

Acho que por causa das atrações, nesse dia não vi tantos casais gays quanto na sexta. Mas mesmo assim, ainda tinha bastante.

Dia 15/09 – Jessie, New York, Justin

Logicamente, após quase morrer de cansaço no sábado não consegui chegar muito cedo no domingo. Fui para ver apenas os shows principais do Palco Mundo. Ouvi Jota Quest de longe. Sempre a mesma coisa, mas deu pra gritar nas músicas conhecidas, foi um bom aquecimento. Aí era o show da Jessie J, aquela do Price Tag que raspou a cabeça. Era a única coisa que eu conhecia dela. GENTE, num é que a mulher arrasa no palco. A roupa dela estava espetacular, a animação lá em cima e colocou a galera toda para dançar muito! Mesmo não conhecendo as músicas dela, ela tem um astral lá em cima e deu vontade de chegar em casa e baixar todas as músicas! Duvida? Assiste aqui ó. Viu? Bom demais! Aí vinha a deliciosa Alicia Keys com sua voz potente. A mulher é outra diva né? Sensual, sexy-sem-ser-vulgar, engraçada, performática, voz do caralho e um piano branco no meio do palco. Linda. Mas chata. CALMA! Não me matem. Ela não é chata, mas gente, cá entre nós. Rock in Rio é super cansativo, todo mundo de pé durante horas, a pessoa só me toca as músicas lentas, cansa né? Ok, ela foi perdoada com a linda performance de Empire State of Mind no final, que levou essa nobre escritora que vos fala às lágrimas. Não riam de mim. Tirem suas próprias conclusões aqui. Ok, ok, agora é a hora. Justin. Lembrando que eu não gosto de homens. Ele quase me fez gozar. Simples, direto, lindo, talentoso, dançarino, gostoso e exato. Se temos uma definição de divo, é ele. Cantou as músicas antigas que fez todo mundo sair do chão, ficou duas horas no palco animado e animando. Não crê? Veja por você mesma. Fez duas pegadinhas do malandro no final fingindo que ia sair e voltando. Encerrou com Sexy Back para a galera sair de lá com a certeza de que no primeiro fim de semana ele foi, de longe, a melhor atração do festival.

A quantidade de homens gays nesse dia era bem maior. Acho que enlouquecemos, todos nós, com o Justin né? Ahhhhhh, e nesse dia dei de cara com a Diana (aquela ex-bbb maravilhinda) com a namorada dela. Gente, QUE mulher hein. Puta que o pariu. Vem-pra-minha-cama-sua-linda (#BrincadeiraTaAmor?)

justin_timberlake_instagram
Justin Gostoso

Agora é aguardar para semana que vem. Eu? Vou no dia 20 ver meu lindo Bon Jovi. Conto para vocês no sábado, tá?

Desiree

Sapatão convicta. Nunca recuso uma cerveja gelada e batata frita. Amo samba, pagode, funk, etc. Me chama pro barzinho, pra baladinha, pra show... pode escolher, eu topo! Geminiana com ascendente em câncer.

Este post tem 2 comentários

  1. Mari

    Não vai no 22′ Iron Maiden ñ?

    1. Grupo HPM

      Não gosto de todos aqueles homens barbudos, suados pulando juntos. Obrigada! 😉

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.