Prefeito de SP, que se assumiu gay, defende liberdade

Homossexual assumido, Edgar de Souza (PSDB), prefeito de Lins, a 429km de São Paulo, acredita que sua orientação sexual não interfere em nada em seu mandato, que começou em janeiro deste ano. “Quem tem convicção da sua não se incomoda com a do outro. No que a minha sexualidade te atrapalha? Essa invasão da vida íntima das pessoas é feita de forma pejorativa”.

O prefeito, que se assumiu no último comício durante as eleições de 2012, afirma, em entrevista ao “G1″, que os concorrentes jogaram pesado tentando espalhar panfletos com ele vestido como drag queen ou com corações saindo de uma foto em que ele aparece ao lado do namorado.

“Estão rolando dois inquéritos na polícia sobre panfletos distribuídos com fotos minhas com meu companheiro. Foram enviados pelos Correios de 5 mil a 10 mil cartazes”, afirmou Souza.

O político tem uma relação estável há nove anos com Alex, de 31 anos e moram junto com dois meninos, de três e dois anos, além da mãe das crianças. Souza critica o deputado Marco Feliciano (PSC-SP) que comparou casais gays que adotam crianças com pedófilos.

“Me senti muito ofendido quando o Marco Feliciano colocou no Twitter que o destino da criança criada por casais homoafetivos é ser vítima de pedofilia. É uma idiotice que não tem tamanho. A maior parte de casos de pedofilia acontece em relações heterossexuais, porque a maior parte das pessoas é hetero. Larga a mão de ser idiota falar uma coisa dessa. Ele coloca todo mundo sob suspeição.”

Fonte: http://paroutudo.com/2013/04/22/prefeito-gay-no-interior-de-sao-paulo-defende-liberdade

Desiree

Sapatão convicta. Nunca recuso uma cerveja gelada e batata frita. Amo samba, pagode, funk, etc. Me chama pro barzinho, pra baladinha, pra show... pode escolher, eu topo! Geminiana com ascendente em câncer.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.