Porque ela tinha que ficar

Eu não tinha um roteiro, deixei pra pensar nisso depois, depois que trocamos os números de telefone, e ela passou a querer saber sobre meus gostos e sonhos, mas eu nem liguei, pensava: “Depois respondo”!

Não sei qual é a necessidade de fazer tantas perguntas, de querer saber tantos porquês, tanta curiosidade por hábitos que executo sem pensar no dia a dia.

Depois do primeiro beijo, e depois de ter dito não querer mais nada, percebi rápido que ela não sossegaria enquanto não soubesse que eu prefiro o lado esquerdo da minha cama.

Ela tinha um roteiro e iria até o fim. Não sei quais eram as etapas traçadas, mas foi conquistando uma a uma, até que fosse eu a querer saber dos seus gostos e sonhos.

Num mirante repleto de incertezas, foi ela quem me arrancou sorrisos, num universo onde não via mais possibilidades de expansão, ela insistiu, e me levou além.

Ela tinha que ficar porque o amor não vem pronto e a linha é muito tênue entre insistência e conquista, talvez estejam até uma contida na outra.

Ela ficaria porque me deixa irritada quando vai embora com pressa e também fica irritada quando eu não insisto pra ficar mais um pouco. E insiste em me contrariar pois acha graça nos meus lábios contraídos!

Ela tinha que ficar e mudar o meu roteiro, ela tinha que insistir até aqui. Mudou meu cronograma e alterou meus horários. Ela precisava ficar pra que eu pudesse vê-la dormir enquanto escrevo essas palavras, deve estar com frio, eu vou buscar um cobertor.

sig_natasha.png

Desiree

Sapatão convicta. Nunca recuso uma cerveja gelada e batata frita. Amo samba, pagode, funk, etc. Me chama pro barzinho, pra baladinha, pra show... pode escolher, eu topo! Geminiana com ascendente em câncer.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.