Percepções e expectativas

(Tivemos um pequeno contra-tempo com a história “Yara e Mariana” e por isto hoje teremos um conto)

Ela atravessava a rua e eu esperava do outro lado dentro do carro. Via aquele andar que já sabia de cor, mas que mesmo assim me encantava. O sorriso que brilhava e reluzia. Parava a rua e o tempo. Pelo menos mandava na minha vida e no meu tempo. Era como se, quando ela estivesse por perto, tudo era em torno dela. Ela era meu sol particular, minha lua cheia iluminada e as estrelas do meu céu.
Todos os dias eu pensava no que poderia fazer para ser a pessoa perfeita para ela. Queria que ela sorrisse todos os minutos ao meu lado. Fazia planos para o futuro, pensava na decoração do apartamento e no nome do nosso primeiro cachorro. Até na cor dos utensílios da cozinha, eu sabia qual era o preferido dela. Era simples viver ao seu lado, era só entender que ela mandava em tudo. E para isso, só precisava sorrir.
Mas para ela, era diferente. Eu não fui suficiente e sempre deixei uma brecha não preenchida. No primeiro ano, foram as noites que passei longe, no segundo, a rotina que deixei chegar e no terceiro os jantares que recusei só porque tinha que acordar cedo. E assim a brecha crescia e se transformou em um enorme buraco em seu coração. Não era falta de amor, era falta de calor.
Nos anos seguintes ela foi desistindo de mim. E mesmo assim, seu sorriso ainda era o sol do meu dia. Até que um dia cheguei e chovia em casa. Chovia muito, inundava tudo de dor, frio e lágrimas. E assim, choveu para sempre. Chove até hoje. Exceto esta manhã, que a vi atravessando a rua para encontrar com algumas amigas. Por alguns instantes, os raios de sol voltaram a iluminar meu caminho, mas logo que ela passou direto pelo meu carro, a chuva voltou e a inundação também. Estou me afogando dia após dia.

Desiree

Sapatão convicta. Nunca recuso uma cerveja gelada e batata frita. Amo samba, pagode, funk, etc. Me chama pro barzinho, pra baladinha, pra show... pode escolher, eu topo! Geminiana com ascendente em câncer.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.