Peça de teatro relembra caso de ataque homofóbico

Dois irmãos, um deles com problemas mentais, andam de mãos dadas pela Avenida Paulista, em São Paulo. Eles são confundidos com um casal homossexual e são atacados por um grupo de adolescentes. Realmente, esta manchete pode parecer um caso real. Ou não.

A peça, chamada “Revide” e dirigida por F. A. Uchôa é inspirada no caso, que ficou nacionalmente famoso, quando um grupo foi atacado com lâmpadas fluorescentes na mesma Av Paulista.

No texto, o ataque ganha uma imensa cobertura midiática e um rapaz, desconhecido dos dois, promete vingança contra quem os atacou. A montagem fala sobre a violência cíclica da nossa sociedade e o ódio gerando ainda mais ódio.

Serviço
Local: Sesc Consolação
Dias: Seg e Ter – até 10/fevereiro
Hora: 20h
Valor: R$ 20,00

Sinopse
Dois irmãos caminham de mãos dadas pela Av. Paulista e são espancados por um grupo de jovens adolescentes. O caso ganha repercussão popular, pois um dos agredidos sofre de deficiência mental. Por causa do forte apelo midiático, um desconhecido decide vingar as vítimas por conta própria.

Desiree

Sapatão convicta. Nunca recuso uma cerveja gelada e batata frita. Amo samba, pagode, funk, etc. Me chama pro barzinho, pra baladinha, pra show... pode escolher, eu topo! Geminiana com ascendente em câncer.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.