Cap 5 – O dia seguinte

Novamente ela foi interrompida. Era o celular, dessa vez uma mensagem! O nome de Tati na tela fez seu coracao acelerar, ou parar. Nao sabia. Apertou para ler a mensagem enfim, e por alguns segundos que pareciam horas, não conseguiu acreditar no que estava bem a sua frente. A mensagem era curta, simples e ao mesmo tempo, muito complexa.

“A noite foi muito boa. Desculpa ter saído tão rápido.”
E agora? Será que ela estava falando de tudo que aconteceu na praia? Da vodka e das risadas de sempre? Ou ela estava falando do que tinha acontecido depois?

De qualquer maneira não ia adiantar muito ficar surtando, mais do que ela já estava, nesse momento.
Respondeu a mensagem e se jogou na cama. Repassou cada segundo daquela noite na cabeça, desejando que tudo aquilo não acabasse nunca.
Ela não fazia ideia do que significaria para a amizade das tres, mas preferiu não pensar nisso nesse momento.
Se levantou lentamente para começar a ir viver, foi a hora que o celular tocou e o coraçao dela, disparou mais uma vez. Foi correndo atras do aparelho, mas quando olhou, era Dani. Tinha esquecido dela.

Mais rapido do que Beta, Dani, disparou a falar a programaçao que tinha para o domingo. Beta deixou ela falar tudo que quis e no final fez a pergunta que estava rodeando sua cabeça desde o início da ligaçao.
“E a Tati, vai?”
E a resposta que ela nunca esperou ouvir: “Lógico! Ela que deu a idéia!”
Beta tremeu, mas isso devia significar alguma coisa, Tati queria sair com ela, mesmo depois que tudo tinha acontecido. Ela sorriu, terminou de falar com Dani, levantou direto pro banho, esse dia ia ser especial. Muito especial. Ela só não sabia o quanto ainda.

Desiree

Sapatão convicta. Nunca recuso uma cerveja gelada e batata frita. Amo samba, pagode, funk, etc. Me chama pro barzinho, pra baladinha, pra show... pode escolher, eu topo! Geminiana com ascendente em câncer.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.