Cap 4 – O dia seguinte na cabeça de Beta

O celular continuou tocando ate que Beta saísse de sua posição para pega-lo. Ela nao queria ter que se mover. Estava em cima de Tati com as mãos escorrendo em direção ao tao conhecido short curtindo que sua amiga (ou algo que ela ainda nao sabia o que era) usava. Mas o olhar meio confuso de Tati com o toque do celular a convenceu. Ela levantou e foi atender a Dani que já estava combinando a programacao do dia. Atendendo com a voz de sono mais falsa que conseguiu Beta convenceu Dani a ligar em pelo menos uns 20 minutos. E o que ela mais tinha medo aconteceu. Tati usou a movimentação obrigatória de Beta para sair da cama. Em pouquíssimos passos estava no banheiro de porta fechada. Trancada.

Beta surtou. Nao sabia se devia ir atras e pedir a ela para que abrisse a porta ou devia simplesmente deixa-la lá. Ela tambem tinha surtado na primeira vez.

Tati saiu do banheiro logo depois e já com a roupa que estava na noite passada. Beta correu para fora da cama: “voce já vai?”

“preciso ir, já já minha mae liga querendo saber se estou viva”

“nos vemos hoje de novo?”

“de repente sim! Vamos ver como vai ser o dia!”

E assim, saiu. Encostou a porta toda. E quando Beta já se virava de costas prestes a se jogar na cama, ouviu a maçaneta se mover, virou rapidamente e viu Tati de volta. Ela veio correndo deu um beijo rapido nos lábios de Beta e sem olhar pra traz desta vez, bateu a porta.

E agora? O que era aquilo? Aquele beijo significa o que exatamente? Ela tinha gostado? Ou só quis ser legal? Mas ninguém da um beijo pela segunda vez sem ter gostado na primeira, certo? E a Dani, como ela reagiria? E os pais da Tati? Mas peraí, sera que ela iria querer contar para os pais?

A cabeça de Beta explodia cada minuto mais de tantas perguntas.

Novamente ela foi interrompida. Era o celular, dessa vez uma mensagem! O nome de Tati na tela fez seu coracao acelerar, ou parar. Nao sabia. Apertou para ler a mensagem enfim….

Desiree

Sapatão convicta. Nunca recuso uma cerveja gelada e batata frita. Amo samba, pagode, funk, etc. Me chama pro barzinho, pra baladinha, pra show... pode escolher, eu topo! Geminiana com ascendente em câncer.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.