O Amor, Simplesmente – Cap 106

A sexta correu super bem. Dani e Estella se encontraram bem rapidamente durante a tarde. Como ela passaria todo o fim de semana fora, precisava dar as caras em casa. Beta e Tati passaram a tarde estudando juntas na casa de Tati. O casal já tinha avisado às suas mães sobre a viagem e como suas notas estavam muito boas, elas não se importavam das tardes passadas juntas. Além do mais, o resto da semana tinha sido bem tranquilo na vida delas.

– Amor, posso te perguntar uma coisa? – Tati interrompeu o texto de geografia que estava lendo e chamou a atenção de Beta.
– Sempre. O que foi?
– Você ainda me ama como no início?

Beta não entendeu muito bem a pergunta e se desligou do que estava lendo, largou a caneta e olhou para a namorada.

– Que pergunta é essa, Tita?
– Sei lá, com tanto estudo sinto que a gente se distanciou um pouco.
– Você deixou de me amar por causa disso?
– Não! De jeito nenhum!
– Então não se preocupe comigo…
– Tem certeza?
– Não acredita mais em mim?
– Acredito, é só que…

Beta não deixou Tati terminar a frase…pulou em direção à namorada, a jogou da cama, caíram no tapete que cobria quase todo o quarto da menina, a encheu de beijos e cosquinhas até que uma mão escorregou até a cintura de Tati e apertou com um pouco mais de desejo. Foi a deixa perfeita pra emendarem em um beijo com mais vontades, as pernas se encaixaram, os seios se eriçaram e em poucos minutos estavam no banheiro de Tati, lugar seguro do quarto, se deliciando de prazer no corpo alheio. Tudo continuava bem e igual para elas.

A noite se aproximava e as três amigas já estavam em suas casas, cansadas depois da semana pesada, mas ansiosas com o fim de semana que prometia ser especial e cheio de surpresas. Estella conversava por mensagens com Dani enquanto ela estava em uma ligação com Beta e Tati combinando os detalhes para o sábado. Durante a manhã tinham aula, que já tinham acertado de matar, a tarde almoçariam com as famílias para não causarem problemas e quando a noite começasse a cair se encontrariam na pracinha central e depois iriam juntas para a praia enquanto a cidade toda dormia.

– Estou com saudades de vocês… – Tati interrompeu alguma besteira falada para expressar seu sentimento
– Você me viu hoje, gostosa.
– Eu sei, gostosa. Mas não é isso, estou com saudades de nós três juntas. O trio imbatível, sabe?
– Você tá de tpm, amiga.
– Não, amiga. Só saudades mesmo.
– Vamos prometer uma coisa? – Beta falou e as outras duas ficaram em silêncio esperando
– Amanhã e domingo vai ser o melhor fim de semana de nossas vidas, combinado?

As outras duas falaram em uníssono um “combinado” e assim terminaram os assuntos e desligaram, doidas para irem dormir e mais ansiosas ainda para que o sábado finalmente começasse. E o fim de semana realmente prometia.

Desiree

Sapatão convicta. Nunca recuso uma cerveja gelada e batata frita. Amo samba, pagode, funk, etc. Me chama pro barzinho, pra baladinha, pra show... pode escolher, eu topo! Geminiana com ascendente em câncer.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.