Lili Maestrini e Larissa França serão mamães

Quando confirmou a aposentadoria das quadras, Larissa revelou o desejo de deixar o vôlei de praia em segundo plano para ser mãe. Pouco menos de dois meses após casar-se oficialmente com Lili Maestrini, bronze no Mundial de Vôlei de Praia de Stare Jablonki, a medalhista olímpica recebeu a notícia de que seu sonho vai se realizar em breve. Graças a um tratamento de fertilização, a ex-parceira de Juliana espera um herdeiro para o próximo ano.

Aos 31 anos, Larissa carrega um bebê gerado em inseminação artificial a partir de um óvulo de Lili, que tomou medicação para fortalecer a célula. A jovem jogadora, em atividade pela seleção brasileira e no Circuito Brasileiro, chegou a consultar a Confederação Brasileira de Vôlei (CBV) sobre as substâncias que estava ingerindo e soube que nenhuma delas implicaria em resultados adversos em exames antidoping.

Juntas há mais de três anos, Lili e Larissa evitam dar entrevistas para preservar o relacionamento. As duas se casaram no início de agosto em uma grande festa com vista para o mar de Fortaleza, ambas com vestidos de noiva. Recentemente, Lili pediu à CBV que mudasse seu nome no pedido de passagens de viagens. Em vez de Liliane Maestrini, agora ela usa Liliane França, sobrenome de Larissa.

Desiree

Sapatão convicta. Nunca recuso uma cerveja gelada e batata frita. Amo samba, pagode, funk, etc. Me chama pro barzinho, pra baladinha, pra show... pode escolher, eu topo! Geminiana com ascendente em câncer.

Este post tem um comentário

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.