Jogadores apoiam causa gay na Inglaterra

A campanha contra a homofobia no futebol tem ganhado adeptos e vem sendo impulsionada pela Fifa. E o Everton encontrou uma maneira sutil para manifestar seu apoio à causa. O capitão da equipe inglesa, Phil Jagielka, passará a utilizar em suas chuteiras cadarços nas cores do arco-íris – as mesmas da bandeira da causa LGBT.

“Para mim e o restante dos jogadores do Everton, a sexualidade de um jogador não é importante, e sim nossa habilidade no gramado. Nós não toleramos discriminação de qualquer tipo no Everton, e todo o clube trabalha duro para levar essa mensagem aos torcedores. Ninguém deve sentir que não se pode ser você mesmo, dentro ou fora do gramado. É por isso que estamos apoiando essa iniciativa.”

A campanha partiu da ONG Stonewall, que enviou cinco mil exemplares para clubes britânicos – Inglaterra e Escócia -, esperando a iniciativa das equipes e atletas. O polêmico Joey Barton, por exemplo, também já anunciou apoio à causa. A Premier League, por sua vez, deixou os clubes decidirem a postura quanto ao caso.

“É algo individual dos clubes e jogadores decidirem se querem apoiar a campanha. Nós deixaremos a Stonewall saber que ficaríamos felizes de falar com eles para discutir maneiras futuras de trabalharmos juntos” – afirmou um representante da Liga Inglesa.

Desiree

Sapatão convicta. Nunca recuso uma cerveja gelada e batata frita. Amo samba, pagode, funk, etc. Me chama pro barzinho, pra baladinha, pra show... pode escolher, eu topo! Geminiana com ascendente em câncer.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.