Jair Bolsonaro e sua língua afiada.

Jair Bolsonaro e sua língua afiada.

O último capítulo da novela “Amor à Vida” foi um dos temas mais comentados nas principais redes sociais utilizadas pelos brasileiros na noite desta sexta-feira (31).

O beijo gay entre Félix (Mateus Solano) e Niko (Thiago Fragoso) foi o assunto que mais repercutiu, mas para o deputado federal Jair Bolsonaro (PP), a cena mostrada no horário nobre tem o poder de influenciar negativamente o público.

O deputado que ficou conhecido por seu posicionamento contra os direitos homossexuais e a distribuição do chamado “kit gay” nas escolas, disse que se o beijo tivesse sido mostrado num canal fechado não haveria problema, porque há uma margem de controle maior de quem vai assistir.

Bolsonaro ainda disse que o beijo mostrado na novela se chama “estímulo ao homossexualismo”. “A novela mostra o homossexual como alguém mais inteligente e mais bem sucedido. Tem uns moleques que são fracos e vendo um Félix na vida, que é inteligente, bem sucedido e só anda em carrões, vão entender que ser gay é um verdadeiro vestibular para o sucesso”, acrescentou.

Indignado, ele concluiu dizendo que a cena exibida pela primeira vez em uma telenovela da TV Globo, “foi um marco na depravação da sociedade, porque abre precedentes para que esse tipo de cena se torne comum na televisão”.

Comente! ;)