Homossexulidade ou Homossexualismo?

Porque informação nunca é demais, não é mesmo? 

Afinal de contas, qual é a forma correta de se falar? Homossexualidade ou Homossexualismo? Durante muito tempo essa discussão não existia. Mas era porque só usava-se homossexualismo. O problema? O sufixo “ismo” significa doença. Ou seja: homossexualismo era o termo usado para discriminar uma doença mental ligada ao relacionamento entre pessoas do mesmo sexo.

Boas notícias, não é mais doença. Podem relaxar, somos todos normais. A partir de 1985 as organizações de Psicologia mundo à fora tiraram o homossexualismo do registro de doenças e por isso usamos hoje em dia o termo homossexualidade.

Quer mais detalhes? O advogado e presidente da organização LGBT de SP, responsável pela Parada do Orgulho Gay, o Fernando Quaresma, fala sobre o assunto:

Fernando Quaresma - Advogado e presidente da Parada do Orgulho Gay

” Homossexualismo é uma expressão errônea e considerada pejorativa nos dias atuais. O sufixo “ismo” sempre se refere a doença. A homossexualidade deixou de ser considerada doença na década de 40 pela sociedade médica e é proibido ser tratado como distúrbio ou como doença pelos psicólogos. Já o termo homossexualidade, transsexualidade é o termo correto que traduz a orientação sexual, ou seja por quem é seu desejo.

Outra coisa que merece destaque é a diferença entre opção e orientação sexual. Todos falam de forma errada “ Fulano optou em ser gay ou lésbica”. Não existe opção sexual porque ninguém opta. O desejo surge em todos os seres humanos e ninguém para pensar se quer ou não. Alias um bom exercício é lembrarmos quando começou nossos desejos quem optou por algo ou se o desejo já era presente. Talvez os homossexuais tenham mais problemas porque ninguém é preparado para viver isso. Tudo vem predeterminado com a orientação sexual hétero e o que causa muito trauma em muitos. A forma correta de tratar é orientação sexual que trata todas as formas de relacionamento sexual.”

Desiree

Sapatão convicta. Nunca recuso uma cerveja gelada e batata frita. Amo samba, pagode, funk, etc. Me chama pro barzinho, pra baladinha, pra show... pode escolher, eu topo! Geminiana com ascendente em câncer.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.