Feira Cultural LGBT de São Paulo acontece em 1º de maio.

A 14ª edição da Feira Cultural LGBT de São Paulo acontecerá no dia 1º de maio, das 10h às 22h, excepcionalmente neste ano na Praça da República. O tradicional evento, que faz parte da programação do 18º Mês do Orgulho LGBT, é organizado pela Associação da Parada do Orgulho GLBT de São Paulo (APOGLBT) e terá tendas para a comercialização de produtos e alimentos, prestação de serviços, informações, oficinas, presença institucional de ONGs e do Poder Público Federal, Estadual e Municipal, além de diversas atrações artísticas.

Entre os destaques da programação está a cantora jamaicana Marion K, que apresentará seu novo projeto Sounds Of the Ghetto, que visa extrair dos guetos do Brasil o melhor da dança e música brasileira, e assim promover um intercâmbio entre as culturas por meio da música. A artista já teve sua versão de “Love Me Baby” na novela “Era Uma Vez”, da Rede Globo.

A Orquestra Camerata Darcos também integra a programação deste ano, com uma homenagem ao cantor Renato Russo na abertura da feira, além de shows de Erikka Rodrigues – artista que mescla a sonoridade do sertanejo com o pop; Lenny B – cantora paraense de música eletrônica; e MC Xuxu – uma travesti mineira, cantora de funk, que está fazendo muito sucesso com a música “Um Beijo”, hit nas redes sociais. A feira também contará com a presença de representantes das principais casas noturnas LGBT de São Paulo, além de um show exclusivo de travestis ao lado do ballet oficial da Parada, com apoio da Secretaria da Cultura do Governo do Estado de São Paulo.

Screen Shot 2014-04-29 at 12.00.19 PM“Organizamos a maior Parada LGBT do mundo, com grande arrecadação de recursos por atrair muitos turistas para a cidade de São Paulo, e a nossa feira não poderia ser diferente: é a maior do segmento na América Latina. Trabalhamos para levar ao público os melhores artistas do país, todos LGBTs ou com trabalhos focados em nossa comunidade, e a cada ano o número de expositores e de público aumenta significativamente”, explica Felipe Moreira, diretor artístico da APOGLBT. “Pessoas do Brasil e do mundo viajam para São Paulo no feriado para assistir a um grande espetáculo e preparamos tudo com muito cuidado para sempre exceder essa expectativa”, completa Moreira.

As drag queens Thalia Bombinha, Natasha Rasha e Tchaka estrearão neste ano como apresentadoras da feira, ao lado de Gretta Starr, Ioiô Vieira de Carvalho e Silvetty Montilla. “É a primeira vez que recebo o convite, tão importante e significativo em minha carreira. Sinto-me valorizada, respeitada e completamente à vontade para ser uma das apresentadoras oficiais da Feira Cultural LGBT. Um sonho realizado por meio de muito trabalho, dedicação, militância e, claro, alegria na alma. Além disso, prestígio é minha meta porque todas nós somos rainhas!”, declara a Drag Queen Tchaka, considerada pela mídia como a rainha das festas em São Paulo, com mais de 4 mil eventos e 14 anos de palco.

A Feira Cultural LGBT, que conta com patrocínio da Caixa Econômica Federal, Petrobras, Netflix, Sindicato dos Comerciários, Prefeitura de São Paulo, Secretaria da Cultura do Governo do Estado de São Paulo e Governo Federal, já é tradição na semana da Parada. Serão cerca de 70 mil m² e 80 estandes comerciais, que oferecerão produtos dos mais variados segmentos. Haverá também uma praça de alimentação e um setor específico para divulgação dos trabalhos de organizações não governamentais (ONGs) e demais entidades que apoiam a causa LGBT. São esperados cerca de 200 mil visitantes.

Oficinas
A drag queen Dindry Buck ministrará durante a feira oficinas sobre diversidade sexual e sexo seguro. O “Na cama com Dindry Buck” acontecerá às 13h e às 17h, e a participação será gratuita.

Também na tenda das oficinas, às 14h, Dindry comandará a quinta edição da “Oficina de Montagem – Nasce uma Drag Queen”. Ao lado de Sissi Girl, Eduardo Moraes e J. Ivo Brasil, com assistência de Anderson Faraborto, Dindry explicará como funciona o mercado de trabalho, o passo a passo da montagem, além de maquiagem e performance. Os participantes do workshop integrarão o time de drag queens que fará uma apresentação especial, às 15h30, em homenagem aos 18 anos da Parada LGBT de São Paulo. Na ocasião, o público também poderá escolher a “Drag Diversidade” da feira.

“As oficinas mostram o lado social da Feira Cultural LGBT e têm como objetivo educar e informar as pessoas, de forma lúdica, sobre as questões da diversidade sexual e do sexo seguro. Com bom humor e, principalmente, humor inteligente é possível fazer algo em que o resultado seja prazeroso e positivo”, explica Dindry Buck. “Nossa oficina de montagem é um projeto muito interessante, pois mostra tanto para os participantes como para os ouvintes a história desse movimento colorido e divertido, que hoje virou uma profissão e faz a sobrevivência de muitos, como é o meu caso. A drag queen é um dos principais símbolos da cultura LGBT e se tornou um concorrido mercado de trabalho. Por isso queremos mostrar a importância de se profissionalizar e como se profissionalizar”, completa a especialista.

Prêmio Cidadania em Respeito à Diversidade
Neste ano, a 14ª edição do Prêmio Cidadania em Respeito à Diversidade acontecerá durante a Feira LGBT, a partir das 14h. O objetivo é reconhecer personalidades, entidades, autoridades políticas e ações culturais, da iniciativa pública ou privada, que contribuíram para o avanço dos direitos da população LGBT em 2013.

A diretoria da APOGLBT escolheu 17 categorias para homenagear, com indicações enviadas pela comunidade LGBT nas redes sociais e por e-mail. São elas: Ação, Militância, Direitos, Educação, Esporte, Trabalho, Saúde, Artes Cênicas, Literatura, Cinema Nacional, Documentário, TV, Cinema Internacional, Imprensa, Internet, Internacional e Memória.

“Ficamos muito felizes em contemplar todos os anos as iniciativas que beneficiam a comunidade LGBT, pois isso mostra o quanto temos avançado na conquista dos nossos direitos e de respeito”, declara Fernando Quaresma, presidente da APOGLBT.

Mês do Orgulho LGBT
As atividades do 18º Mês do Orgulho LGBT de São Paulo tiveram início em 10 de abril, com a primeira coletiva de imprensa, e seguiu com o Ciclo de Debates no auditório do Sindicato dos Comerciários, de 22 a 25 de abril. A Feira Cultural LGBT e o Prêmio Cidadania em Respeito à Diversidade, acontecem juntos no dia 1º de maio, na Praça da República e a Parada do Orgulho LGBT, no dia 4 de maio. A tradicional Mostra de Cinema e o Ciclo de Leituras Dramáticas encerrarão o calendário, em data a ser definida no mês de junho.

Agência LGBT

Desiree

Sapatão convicta. Nunca recuso uma cerveja gelada e batata frita. Amo samba, pagode, funk, etc. Me chama pro barzinho, pra baladinha, pra show... pode escolher, eu topo! Geminiana com ascendente em câncer.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.