Cap 41 – Explosão

pro HPM– Isso tudo é pra mim? – Beta falou enquanto puxou Tati pela cintura já com as mãos no meio das coxas da namorada.
– Pode usar e abusar, é tudo seu!

E as duas fizeram as pazes no melhor estilo. Afinal de contas, sexo é a melhor maneira de fazer as pazes em qualquer situação. A noite foi quente e deliciosa para as duas, a ponto de caírem no sono no colchão que tinha por lá. Estavam cansada depois de tanto trabalho!

Devia ser umas 3 horas da manha quando Tati acordou com o braço de Beta pesando sobre sua cintura, calmamente retirou o braço da namorada para que nao acordasse, se levantou, se vestiu e saiu. Antes deixou um recado no celular de Beta: “Nao quis te acordar, te amo” e saiu em direção a sua casa, com a felicidade estampada no rosto. Sabia que nao tinha problema chegar essa hora, afinal, estávamos nas ferias. So precisaria dizer que estava com Dani tambem, principalmente para evitar problemas.

O dia seguinte amanheceu com um sol de cortar a pele, a cidade inteira parecia estar se encaminhando para a praia e com as três nao foi diferente! Beta, Tati e Dani saíram por volta de 1 da tarde em direção a praia. Três amigas normais, exceto que Tati nao deixava Dani e Beta sozinhas mais, mesmo que fosse involuntario, era mais forte que ela. O sentimento que crescia em seu peito incomodava um pouco. Ciúmes dói e o ciúmes envenena.

A praia estava cheia, como elas nao estavam acostumadas, toda a cidade estava lá e Tati e Beta precisavam se controlar com as demonstrações de carinho que estavam acostumadas. Beta ate sugeriu de Dani ficar no meio, mas Tati nao permitiu, sutilmente. Foram para a agua, o calor estava de rachar. Nadaram para o fundo onde estavam meio longe dos olhares curiosos, assim Beta podia estar mais proxima de Tati sem levantar suspeitas. Os pés delas embaixo da agua estavam se tocando, meio que um carinho escondido enquanto conversavam sobre quando voltaria a cidade.

Entre risadas, Beta que estava virada para a areia vê uma senhora balançando os braços loucamente na areia. Aquela pessoa era conhecida dela e por causa da distancia e da agua nos olhos demorou a perceber que era D. Ana.

– Amor, sua mae ta aqui!
– Ta maluca Beta? Minha mae ta em casa!
– Acho que é ela sim Tati! Olha lá!

As três olharam sem entender e lá estava a mãe de Tati acenando da areia.

– Vai lá Tati! – Dani aconselhou a amiga.

Tati olhou para as duas e por um momento pensou que as deixaria sozinhas ali na agua bem longe de todos, e ela pensou em uma coisa. Sabia que com Dani havia uma enorme diferença para ela, se ela começasse a namorar com uma menina, provavelmente assumiria de peito aberto para todos o seu relacionamento e era isso que a deixava com mais medo.

– Amor, vai lá! As vezes aconteceu alguma coisa! – Agora foi Beta que a acordou do devaneio.

Sem muita opcao, Tati foi nadando ate a mae que estava na areia de vestido e sandália, ela so tinha ido ate lá para tomar conta da filha entregar o celular que a filha tinha esquecido.

– Como voce sabia que eu tava aqui mae?
– Com um calor desses eu imaginei e liguei para a mae de Dani para perguntar tambem!

O nome de Dani falado por D. Ana fez Tati se virar para ver as duas e gelou ao nao ve-las. Por sorte era apenas uma onda que tinha impedido a visão dela! A tensão transpareceu e D. Ana aproveitou a deixa e perguntou se Tati ja estava indo pra casa. Sem nem olhar para a mae Tati disse que nao! D. Ana preferiu nao insistir, se despediu da filha com muito desgosto e voltou para a calcada por onde ia voltar para casa. Tati guardou o celular com as outras coisas e sem pensar duas vezes furou algumas ondas para em poucos segundos estar de volta com elas.

– Qual é o assunto agora? – Tati tentou brincar, mesmo estando nervosa e com uma raiva inexplicável dentro de si.
– Segredos que a Dani me contou! – Beta falou enquanto nadava em direção a namorada para ficar mais perto.
– Segredos? Entao porque voce nao vai lá ficar com ela?

Tati falou tudo sem pensar e saiu nadando de volta para a areia. Estava indignada com as duas e depois com ela mesmo por ter reagido dessa maneira. Ouviu ao longe as duas chamando seu nome, mas nao parou. Saiu na areia, pegou suas coisas e comecou a andar de volta para casa, ou pelo menos naquela direção. Viu ainda quando Beta saiu da agua atras dela, mas nao olhou para trás para ver se ela continuava.

As lagrimas se misturavam com a agua do mar ainda no rosto de Tati e ela sabia que podia ter estragado tudo. Seu coracao palpitava e sua cabeca ja doía. Afinal de contas, ela exagerou ou nao? Ela nao podia perder Beta e so esse pensamento a fez chorar copiosamente.

Desiree

Sapatão convicta. Nunca recuso uma cerveja gelada e batata frita. Amo samba, pagode, funk, etc. Me chama pro barzinho, pra baladinha, pra show... pode escolher, eu topo! Geminiana com ascendente em câncer.

Este post tem 4 comentários

  1. Bianca

    Sou nova aki, gostei muito da historia e to ansiosa para saber o resto da historia…
    de quanto em quanto tempo vcs postam o nova Capitulo?
    Parabéns pelo Site, MUITOO BOM 😀

    1. Oi querida, muito bem vinda!! rsrsrs
      Eu sempre posto quando da na verdade, mas normalmente 1 ou 2 vezes por semana!! Nunca fica 1 semana sem postar!
      Espero que goste ta? 😉

      Bjs, Mari!

      1. Bianca

        Obg Mari ‘-‘
        Bom saber, tem site que só posta uma vez por més, é muito tempo de ansiedade hehe’
        já to amando hauhs’…

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.