Cap 14 – Mais do que um irmão

“Minha amiga, que eu amo e que se tornou minha namorada há algum pouco tempo atrás.”

Diego, por mais que desconfiasse, não esperava a resposta da irmã e demorou mais uns 20 segundos, pelo menos, para conseguir formular a resposta. E não era nem um pouco o que Tati esperava.
Foram os 20 segundos mais longos da vida de Tati, e ela fez uma cara de quem estava super tranqüila, ignorando o fato de que tinha acabado de jogar uma bomba no ar esperando pra que ela explodisse.
Diego, como se fosse tudo muito normal, respirou fundo para nao falar nada de errado e resolveu comecar com o que ele achava ser uma boa “entrada”.
“Então porque voces brigaram hoje?”
Definitivamente nao era o que Tati esperava! Depois de uma revelacao daquela ele simplesmente quer saber porque elas brigaram? Ela riu. E ele também.
“Ela passou a noite com a Dani bebendo na praia e nao me avisou, fiquei meio puta, mas acho que já passou.”
Diego parecia vindo de outro tempo, ele falava umas coisas….
“O amor nao precisa afastar a pessoa de quem ela realmente é. Sao duas pessoas que se amam e aceitam do jeito que sao.”
Tati entendeu o recado, nao podia pedir para que Beta de uma hora pra outra mudasse, e na verdade nem queria isso. A amava do jeito que era.
Diego nao perguntou mais nada sobre as duas, mas precisou entrar no assunto que mais amedrontava Tati. Sua mae.
“Voce sabe que Dona Ana esta inquieta com essa amizade de voces né?”
“Eu sei, ela tem estado atras de mim, mais do que o normal.”
“Voce pretende contar?”
“O que voce acha?”
Os dois riram, Diego levantou para pegar algo para comerem enquanto a tarde corria.
Nessa hora o celular de Tati vibrou em cima da mesa, era uma mensagem de Beta. Abriu e resolveu ler, mesmo estando ainda um pouco puta.
“Desculpa, nao queria te fazer chorar, eu te amo e cada lagrima sua dói mais em mim, acredite. Curta o seu dia e mais tarde me liga. Queria te ver”
Tati riu igual uma boba, era bom saber que tinha alguem em algum lugar pensando nela dessa maneira. Respondeu dizendo que iria tentar ir vê-la, e que já estava tudo resolvido quanto ao “incidente” da noite passada.
Diego voltou a tempo de ver sua irmã com um brilho lindo no olhar, do jeito que ele nunca tinha visto antes.
“Nao a conheço mas qualquer pessoa que deixe minha irmã com esse sorriso, eu já gosto”
Os dois riram, comeram o lanche que Diego trouxe, conversaram sobre mais algumas coisas da vida dos dois, e quando foram embora Tati pediu a Diego que a deixasse na casa de Beta, ia chegar de surpresa. Diego a deixou lá, com ordens expressas de contar a D. Ana que tinha deixado Tati na casa de Dani. O dia estava mais ou menos no meio ainda.

Desiree

Sapatão convicta. Nunca recuso uma cerveja gelada e batata frita. Amo samba, pagode, funk, etc. Me chama pro barzinho, pra baladinha, pra show... pode escolher, eu topo! Geminiana com ascendente em câncer.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.