Cantora iraniana lança clipe com casal lésbico

Uma das maiores pop stars do Irã está causando um grande rebuliço na mídia do país e fazendo história ao mesmo tempo. O motivo? Seu novo videoclipe conta a história de um amor lésbico.

Parece corriqueiro para os ocidentais, mas para um país de maioria muçulmana e com a pena mais severa que pode existir para condenados por homossexualidade – a morte – isso é muito!

No clipe de “Behesht” (Paraíso), a cantora Googoosh está no palco enquanto um casal de moças vive o seu dia a dia tentando se amar e sofrendo com o preconceito. A surpresa – nem tão surpresa assim – é que só no final é deixado claro que se trata de duas mulheres.

As lésbicas são intepretadas por duas atrizes, Pegah Ferydoni e Yasmine Azadi.

Googoosh canta versos como “Não me diga para parar de amar, você não pode fazer isso e eu também não posso”. Na imprensa de seu país ela tem sido chamada de anti-iraniana e de “espalhar a decadência na sociedade iraniana”.

Para LGBT de boa parte do mundo, no entanto, a cantora – que não – é homossexual – virou um símbolo da luta dos oprimidos contra uma sociedade homofóbica. Viva Googoosh!

ParouTudo

[youtube id=”vbN2bUgg1ws”]

Desiree

Sapatão convicta. Nunca recuso uma cerveja gelada e batata frita. Amo samba, pagode, funk, etc. Me chama pro barzinho, pra baladinha, pra show... pode escolher, eu topo! Geminiana com ascendente em câncer.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.