Anna – Cap 18

Anna e Alexandra adormeceram no sofá até a madrugada. E quando Alex despertou e foi tentar se ajeitar, Anna acordou.

– Eu só vou me ajeitar! – Disse Alexandra, sussurrando pra não despertar a menina.

Anna sentou, ainda calada. Passou a mão no cabelo, com a cabeça baixa e os poucos segundos de muitos pensamentos a fez parar e querer esquecer tudo.

– Vem, vamos dormir lá no meu quarto… – Com a voz baixa e um pouco rouca, Anna levantou e pegou sua menina pela mão a levando até o quarto.

Nunca confunda uma noite de amor com uma madrugada de sexo. O companheirismo das duas sempre foi motivo de inveja pros demais. O que rolava entre elas era mágico. Não existia força que pudesse separá-las permanentemente. Com essa certeza, que surgia sempre quando se aproxinavam, Alex a seguiu até o quarto.

Sem muita cerimônia, Anna e Alex se beijaram sentadas na cama. E aos poucos uma tirava a roupa da outra, entre os beijos… Era calmo, carinhoso e quente. A transa das duas era como estar no céu. Felicidade em seu mais elevado grau. Aos sussurros e gemidos se ouviam palavras de saudade, de amor. Elas se tocavam com vontade, explorando cada parte de seus corpos. O gozo chegaria logo… mas a noite estaria só começando!

Enquanto isso no celular de Anna, uma mensagem de Duda. Que só seria vista na manhã seguinte…

sig_Lu.png

Desiree

Sapatão convicta. Nunca recuso uma cerveja gelada e batata frita. Amo samba, pagode, funk, etc. Me chama pro barzinho, pra baladinha, pra show... pode escolher, eu topo! Geminiana com ascendente em câncer.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.