Andrew Soloman fala sobre paternidade gay

“O mundo mudou. Tornou-se possível ser homossexual e ao mesmo tempo ter filhos”

É o que afirmou o jornalista e ensaísta americano Andrew Solomon em entrevista coletiva realizada na Festa Literária Internacional de Paraty (Flip), nesta sexta-feira (1º). De acordo com ele, gay assumido, um dos grandes dilemas de sua juventude foi a ideia de optar entre ser quem realmente era ou se tornar pai.

“Sempre quis ter um filho e quando era criança achava que teria que fazer essa escolha terrível: ou eu teria que ser sincero com quem eu era – ser gay – ou teria uma família. Se fosse gay, não poderia ter filho; se tivesse filho, não poderia ser gay”, contou.

“Não poderia suportar a ideia de viver a vida fingindo ser hétero, mas não podia suportar a ideia de não ter filhos, que são importantes”.

Para Solomon, a questão ficou para trás no mundo de hoje, muito diferente daquele de sua infância, tanto que ele e o parceiro são pais.

“Na nossa família são dois pais ou um desempenha o papel de mãe? Pensei, analisando outros casais, observando o casamento de outros, famílias héteros, percebi que tudo que se constituiu [na minha relação familiar] tem a ver com o fato de qualquer um dos dois pode assumir qualquer um dos papeis”.

Maternidade e paternidade estão presentes no novo livro do escritor, que também tratou da vida familiar em “Longe da Árvore” (Companhia das Letras), que divulga na Flip. Na obra, ele mostra casos de pais que tiveram filhos fora dos padrões convencionais, por exemplo, por sofrerem de esquizofrenia, terem mudado de sexo ou cometido crimes.

“Não devemos culpar os pais. Devemos entendê-los, devemos reconhecer as lutas em que trabalham e as angústias nas quais passam com filhos que acabaram tendo esse tipo de futuro”, apontou.

Agência LGBT

Desiree

Sapatão convicta. Nunca recuso uma cerveja gelada e batata frita. Amo samba, pagode, funk, etc. Me chama pro barzinho, pra baladinha, pra show... pode escolher, eu topo! Geminiana com ascendente em câncer.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.