A farsa de Marina Silva

A candidata Marina Silva surpreendeu a todxs com um programa progressista para a comunidade LGBT na última sexta (29), para logo em seguida, menos de 24 depois, mandar refazer e retirar pontos importantes. Como disse Marina, “não se trata de preconceitos, mas de convicção”. É para ter medo dessas tais “convicções” que retiram o apoio à lei de identidade social João Nery (fundamental para travestis e transexuais), desaparece com o casamento civil igualitário e retira ou “suaviza” os diversos pontos da pauta LGBT.

Há de se concordar que é corajosa essa Marina, já que sua convicção religiosa é tão forte, assumida e honesta que ela mandou – ela mesma mandou, não foi equipe alguma – retirar do seu plano de Governo pontos que estão lhe causando prejuízos eleitorais e críticas duras. Além disso, é preciso lembrar uma coisa: caso Marina seja eleita, toda a indústria conservadora e fundamentalista irá cobrar da presidenta o compromisso com eles, ou seja, desistam da criminalização da homofobia e tantos outros projetos que defendem a nossa liberdade.

E se você acha que acabou…Não. Em épocas de eleição precisamos fazer uma pergunta direta e crucial: Quem está por trás de Marina? A tal “indústria gospel”, que fatura bilhões ao ano, está dando todo o apoio para o que eles consideram “o governo do Justo”, representado pela candidatura da Marina.

Uma coisa importante: o problema não são as crenças e ideologias pessoais da candidata. Mas sim, alguém que tem forte apoio da indústria gospel e de lideranças como a própria Ana Paula Valadão, além do “apóstolo” Renê Terra Nova, Silas Malafaia (que está “cristianizando” o pastor Everaldo do PSC), Marco Feliciano, Bispa Sonia Hernandez (aquela presa com o marido). Vejam só: há uma rede subterrânea da indústria gospel apoiando Marina como sendo o governo do “Reino de Deus na Terra”.

A unidade entre fundamentalismo religiosos e Marina Silva é uma ameaça ao Estado de Direito Democrático, podendo significar gravíssimo retrocesso. Se com Dilma o movimento LGBT sofreu ao ver diversas propostas paradas por conta da pressão dos grupos religiosos, imaginem num hipotético governo Marina? O risco do retrocesso é maior do que qualquer outra coisa.

É hora de reagirmos! Teólogos, especialistas e esse humilde Grupo que vos escreve estão avisando: Marina é furada!

Desiree

Sapatão convicta. Nunca recuso uma cerveja gelada e batata frita. Amo samba, pagode, funk, etc. Me chama pro barzinho, pra baladinha, pra show... pode escolher, eu topo! Geminiana com ascendente em câncer.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.