Search for content, post, videos

Sororidade na prática. Além da ideia, uma mudança de comportamento

sororidade na pratica

Palavrinha difícil, mas que ultimamente está na “boca do povo”. Sororidade. De acordo com dicionários na internet, é o sentimento de união entre mulheres. É a junção em busca de um objetivo em comum.

Todas queremos ser respeitadas. Não é difícil encontrar casos de desvalorização pessoal e profissional. No mundo todo, os relatos diários de mulheres que sofrem desde pequenos preconceitos à situações que as impedem de serem valorizadas. E neste mundo, só podemos contar com o apoio e suporte de outras mulheres.

Pode parece que não, mas tem pequenas atitudes que nós não temos no dia a dia que ajudariam a fortalecer as mulheres. Isso não é uma guerra contra ninguém, é apenas uma luta para que sejamos tratadas com igualdade. Aí vão algumas dicas, mas vocês podem dar outras nos comentários.

1. Escolher profissionais mulheres

Quando é possível escolher, escolha mulheres. Todas as vezes que eu procuro um médico, por exemplo, independente da especialidade, eu escolho mulheres. Dentro do mercado de trabalho, as mulheres precisam se dedicar em dobro para serem valorizadas, então, se depender de mim, eu sempre escolherei elas.

2. Ouvir mulheres

Essa dica é a base de tudo. Entenda que as pessoas, principalmente mulheres, tem uma história diferente da sua. Elas passaram por experiências diferentes e podem enxergar o mundo de outra forma. Antes de julgar a outra, ouça. Tente se colocar no lugar dela e, talvez, você consiga perceber o mundo com outros olhos. Um exercício de empatia diário vai te fazer muito bem, acredite.

3. Lembrar que não somos rivais

O mundo nos coloca umas contra as outras. Deve partir de nós mudar esse pensamento. Mulheres não devem brigar o tempo todo, não é isso que precisamos. Precisamos de união para enfrentar o mundo machista e misógino que existe aí fora. Não estamos disputando nada e todas as vezes que colocamos essas brigas na frente, todas perdemos, não há vencedoras nesse jogo.

4. Incentivar mulheres

Simples assim. Incentive mulheres a fazerem o seu melhor. Não julgue, não aponte, não desmotive. O mundo já faz isso com a gente o tempo todo e nós devemos, precisamos e vamos fazer diferente.

 

O GrupoHPM faz questão de abrir espaço para mulheres mostrarem sua arte. Autoras, jornalistas, designers, não importa. Mulheres precisam de espaço. Sororidade não pode ser apenas uma ideia bonita, precisamos colocar em prática todos os dias.

Contem com a gente. Sempre.