Search for content, post, videos

Querido diário – Becca & Vicky – Cap 14

– Pensei sim! Disse Rebecca.
– Pensou? Pensou enquanto, beijava as outras gurias? Perguntou vicky irritada.

Rebecca segurou em suas mãos delicadamente, olhou fixamente em seus olhos.

– Desculpe-me! (longa pausa) Falei sem pensar. Eu passei muitos meses pensando, em como seria estar aqui com você.

Vicky olhou fixamente Rebecca.

– Eu não estou conseguindo te ouvir. Eu não sei o que pensar. Disse Vicky mais calma.
– Desculpe-me, eu fui insensível. Disse Rebecca gentilmente.
– Faz mais de um ano que não te vejo. Que não te abraço. Que não te beijo. Então avisa essas três gurias para se afastarem de ti. Vicky sorriu.

Rebecca ficou tímida, Vicky a beijou ardentemente, que retribuiu na mesma medida. Vicky tirou a blusa de Rebecca, antes mesmo de chegarem ao quarto. No quarto havia apenas uma cama pequena e uma cômoda antiga.

– Quer mesmo que eu acredite que você não beijou ninguém. Ágil deste jeito. Disse Rebecca com surpresa.

diario_14

Vicky sorriu.

– Eu li todos os livros, (beijou delicadamente os lábios de Rebecca, deu um selinho). Assisti todas as séries, (beijou delicadamente os lábios de Rebecca, deu um selinho). Assisti aos filmes e, (deu um selinho) acessei todos os blogs e sites com a temática GLBT. Eu sei toda a teoria. Vicky falou pausadamente.

Rebecca sorriu.

Em segundos Vicky estava irreconhecível, Rebecca ficou surpresa com a agilidade de Vicky. Vicky sabia exatamente o que fazer. Rebecca ficou enciumada por alguns instantes, mas vicky foi tão intensa que Rebecca sentiu-se como se Vicky fosse capaz de apagar todos os seus pensamentos e levá-la para outra dimensão.

Rebecca ofegante disse.

– Quer mesmo que eu acredite que você aprendeu tudo isto na teoria?

Vicky respirou fundo.

– Eu imaginei um pouco mais angelical, mas não resisti.

Rebecca encostou gentilmente o ouvido no seio de Vicky.

– Nem acredito que estou ouvindo seu coração.
– E o que ele te diz? Perguntou Vicky com candura. – Rebecca sorriu.
– Que esta cama é pequena demais. (pausa) E que está na hora do almoço.

Vicky sorriu.

– Então vamos almoçar!

Rebecca deitou ao seu lado.

– Vai me dizer que você sabe cozinhar?

Vicky olhou nos olhos de Rebecca.

– Aprendi muitas coisas em um ano. Disse baixinho.

Vicky sussurrou.

– Eu quero te amar de novo.

Rebecca sussurrou ao teu ouvido.

– Eu também.

Rebecca e Vicky perderam a noção do tempo, se amaram ardentemente, se amaram delicadamente. Amaram-se até a exaustão. E adormeceram abraçadas.

sig_pimenta

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.