Search for content, post, videos

Nova música de Rita Ora causa polêmica entre bissexuais

Na semana passada, a cantora Rita Ora lançou oficialmente a sua nova música, “Girls”. Em parceria com Cardi B, Charli XX e Bebe Rexha, a música prometia ser um marco, principalmente por reunir tantas mulheres fodas juntas.

Disponível em todas as plataformas digitais, a música traz uma letra bem sugestiva e segundo a cantora, “fala da verdade” da vida dela. Porém, a verdade da vida de Rita causou polêmicas nas redes.

De acordo com a letra, “Eu não sou unilateral, sou de mente aberta / Eu sou 50/50, e eu nunca vou esconder isso / Você deve saber… Às vezes eu só quero beijar meninas, meninas, meninas / Vinho tinto, eu só quero beijar meninas, meninas, meninas“.

A própria cantora afirmou, em seu twitter, que a música era uma celebração à bissexualidade, mas isso não foi muito bem visto. As críticas apontam o fato da cantora usar o trecho sobre vinho tinto, que de certa forma, descredibiliza a bissexualidade. Como se para se envolver com outras mulheres, a cantora precisasse beber.

Outra mulher que possui letras voltadas para mulheres lésbicas e bissexuais, Hayley Kyoko, falou sobre a música:

É importante para nós artistas usar nossas plataformas para avançar com as necessidades culturais, não retroceder. Há uma nova música que foi lançada hoje com várias cantoras pop famosas que me deixou com um turbilhão de pensamentos. Eu literalmente estou com um nó no meu estômago agora. Para esclarecer, eu apoio totalmente outros artistas que se expressam livremente e aplaudo artistas homens e mulheres que estão cada vez mais se abrindo sobre suas identidades sexuais. De vez em quando chegam certas músicas com mensagens que são absolutamente surdas, o que faz mais mal do que bem para a comunidade LGBTQ+. Uma música como esta apenas alimenta o olhar masculino enquanto marginaliza a ideia de mulheres que amam mulheres. Eu sei que não foi a intenção dos artistas nesta música, mas é a falta de consideração por trás da letra que me incomodou. Eu não preciso beber vinho para beijar garotas; Eu amei mulheres a minha vida inteira. Esse tipo de mensagem é perigosa porque deprecia e invalida completamente os sentimentos mais puros de toda uma comunidade. Sinto que tenho a responsabilidade de proteger isso sempre que for possível

E vocês? Acham que esse tipo de música pode tirar a credibilidade da bissexualidade?

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.