Menu fechado

Meu querido diário – Becca & Vicky – Cap 54

Durante a semana não se encontravam pessoalmente, se comunicavam todos os dias através das redes sociais, telefone, e-mail, mensagens de textos. Apollo sempre presente na vida Rebecca. O tom da conversa era sempre saudoso, em especial porque Rebecca teve refazer todos os exames.

________

Sábado – 15 de março

Rebecca acordou cedo, ansiosa para encontrar Vicky no apartamento. Encontrou o apartamento limpo, geladeira e armários abastecidos, Vicky chegou duas horas depois.

– Oi. Disse Rebecca enquanto olhou para o relógio.

– Desculpe me atrasei, tive que vir de taxi. Como foi sua semana?

– Longa e chata. Aqui está tão organizado e limpo que achei que tivesse entrado no apartamento errado.

– Muito engraçado. A fada limpeza passou por aqui.

– E a sua semana como foi?

– Excelente. Exceto pela sua ausência.

– O que aconteceu de tão bom.

– Apenas o necessário para me trazer até aqui. Mas já que queres conversar.

– Sinceramente. Não quero saber de nada. Passei a semana inteira fugindo dos números. Números me lembram de contagem regressiva, e obviamente.

Vicky sorriu.

– Não seja por isto, iniciando contagem, zero, um… .

Rebecca desligou o celular assim que entrou. Vicky confortou Rebecca de todas as maneiras. Tentaram sair da cama, mas sempre voltavam para ela. Vitalidade, energia, cansaço, sono, descanso, beijos, toques, olhares e neste ciclo duraram todo o dia.

artes-facebook (1)

Domingo 16 de março

Vicky acordou com o barulho do celular de Rebecca, que o atendeu ainda sonolenta e disse a palavra não três vezes. Desligou o telefone.

– O que o Apollo queria. Disse Vicky gentilmente.

– Nos convidar para dar uma volta de barco.

– Se tu quiseres ir, eu tenho algumas planilhas para organizar.

– Nem pensar, hoje é domingo, dia de ficar juntinhas, curtindo preguica. Eu não vou dividi-la com um bando de lindas voluntarias.

– Quer conhecer a ONG, pega meu notebook. Estou brincando.

Vicky e Rebecca curtiram intensamente cada segundo. O tempo parecia correr mais lentamente quando se amavam. Ou era apenas a desculpa que davam para permanecer se amando o máximo possível.

sig_egPimenta

Comente! ;)

Manda uma mensagem pra gente!