Search for content, post, videos

Filme Americano – Cap 62

A sexta estava cinza, diferente e triste. Beca não conseguia esquecer o fato de que não treinaria naquela tarde, enquanto todo o time estava se preparando para as eliminatórias municipais. O primeiro jogo já estava marcado e elas tinham mais dois treinos apenas para se preparem. Mesmo assim, Beca passaria a tarde no colégio, estudando e adiantando seus deveres, enquanto esperava Nina acabar o treino para irem juntas para casa.
– Bom dia, coisas lindas… – Carla cumprimentou o casal que estava conversando no pátio do colégio
– Olha só, o casal mais famoso do Colégio Santo Amaro! – Juca chegou logo depois junto com Juliana
– Como assim, famoso? – Beca perguntou um pouco sem graça
– Depois daquela foto de ontem, vocês acham o que? Estão famosas, né! – Juliana respondeu a pergunta
– Você quer que eu tire de lá? – Nina percebeu o semblante preocupado de Beca e falou bem baixinho
– De jeito nenhum, é bom para saberem que você tem dona
Nina sorriu com a resposta de Beca. Parecia que a mais nova estava conseguindo aceitar muito bem aquela exposição um pouco forçada. Afinal de contas, até agora ninguém tinha feito nenhum comentário negativo e todo mundo parecia achar lindo demais aquele novo casal. Talvez o Santo Amaro estava precisando mesmo de um pouco de diversidade assumida.
Após todas as aulas passarem lentamente e o recreio parecer uma eternidade, estava chegando a hora do final do dia. O time todo se encontraria na cantina para almoçarem juntas e depois seguirem para o treino, exceto Beca, que iria para a biblioteca fazer seus exercícios enquanto as meninas iam para o treino.
– Amor, não morre de saudades, tá? – Nina estava se despedindo de Beca pra seguir para o treino
– Farei o possível para sobreviver, não se preocupe. Não leva gol hein!
– Te encontro na porta da biblioteca, tá bom?
– Te esperarei ansiosa
Nina ainda roubou um selinho rápido de Beca aproveitando que o colégio estava bem vazio. Apenas as meninas do time e a atendente da cantina viram o momento e todas continuaram no mesmo lugar depois. Parece que um beijo entre elas, não matava ninguém mesmo. Nina seguiu com as meninas e Beca subiu as escadas para a biblioteca.
Página vem, página vai, Beca não conseguia se concentrar direito na matéria que precisava estudar. Rodava o lápis entre os dedos pensando que naquele momento poderia estar correndo no campo, vestindo suas chuteiras, rindo com as meninas do time e fazendo o que mais ama. Se martirizou mais uma vez por ter entrado na provocação de Cami e se perguntou se ela estaria sentindo tanta falta do treino como ela.
Ela não reparou quando uma menina de cabelos cacheados parou do outro lado da mesa que estava
– Ei, você, tá tudo bem? – a menina falou enquanto cutucava a mão de Beca apoiada na mesa
– Ai, gente, que susto, como você chega assim? – a voz de Beca saiu um pouco mais irritada do que necessário
– Ahn…desculpa…é que eu estava te chamando e você não me ouviu
De repente, Beca foi hipnotizada por olhos azuis profundos e um sorriso tão lindo e brilhante que ela teve a sensação de que precisava de óculos escuros. Quem era aquela visão angelical parada em sua frente? Quem era ela?
– Eu que peço desculpas, estava super distraída e não te vi aí…
– Tudo bem, é que eu queria uma ajuda, posso sentar aqui?
– Ahn, se eu puder ajudar…
– Hoje foi meu primeiro dia aqui, meu nome é Regina, prazer – ela esticou a mão para Beca
– Pode me chamar de Beca, prazer. Então você veio de transferencia, certo?
– Exato, meu pai veio pra cá pela empresa e a família vem junto, né, não tínhamos opções
– Você vai gostar do Santo Amaro…
– Pode ter certeza que sim, afinal de contas, acabou de ficar bem interessante estudar aqui
Seria possível que ela estava falando de mim? Ela tá me elogiando? Ela tá dando em cima de mim? O que está acontecendo aqui? Beca, em que mundo você está? As perguntas pipocaram na mente da menina que não conseguiu responder o possível elogio.
– Então, você pode me dar uma ajudinha? – Regina repetiu a pergunta
– Claro, senta aí e vamos ver no que posso ser útil
Regina então puxou a cadeira de frente para Beca, apoiou o fichário que tinha e começou a falar sobre as matérias que ela estava um pouco perdida. Beca parecia encantada com aquele sorriso, os olhos azuis e aqueles cachos mágicos. Da onde aquele anjo tinha surgido?