Search for content, post, videos

Filme americano – Cap 40

A declaração de Nina mudou o ar dentro do quarto. Era come se as duas passassem a respirar naquele exato momento. Beca deixou seus olhos umedecerem ao ouvir um te amo sussurrado em seu ouvido. Nina parecia se arrepiar e nunca mais perder a sensação boa dos pêlos ouriçados. Lembrou, sem querer, do seu inicio de relacionamento com Alex e mesmo que houvesse paixão naquela época, nada podia se comparar ao que sentiam agora.

– Beca, você tem certeza disso? – Nina parou a mão no elástico do short de Beca enquanto tentava se controlar para não ultrapassar limites
– Se você parar agora, eu te mato! – Beca respondeu seguido de um sorriso e enquanto tirava a própria blusa deixando seus seios livres para Nina

A goleira, que ainda estava de calça jeans, tirou o tênis e os jogou longe enquanto Beca deitava na cama só de calcinha. Mordendo o lábio inferior e sem piscar, Beca acompanhou cada movimento de Nina enquanto ela tirava a calça jeans, puxava a blusa pra cima e deitava por cima dela ainda de calcinha e sutiã.

– Me ensina? – O pedido de Beca era sexy e ao mesmo tempo sincero, ela nunca tinha feito sexo com outra mulher
– Vou mostrar como se faz…

Nina respondeu enquanto já descia seus lábios e sua língua. Brincou no bico do peito rígido de Beca e a fez jogar a cabeça para trás com aquela sensação gostosa que percorria seu corpo. Sentiu molhar entre as pernas e sem perceber afastou-as.

artes-facebook

Nina beijava os lábios de Beca enquanto, com suas mãos, apertava e acariciava os seios dela. Seu sutiã já havia sido retirado e agora Beca se permitia brincar com os seios de Nina. Os gemidos se intensificavam e as pernas se encaixam fazendo pressão e deixando que as calcinhas ficassem encharcadas.

Nina foi quem tomou a atitude e puxou a única peça de roupa que restava no corpo de Beca. Sem tirar os olhos dos olhos de Beca, Nina foi correndo com os lábios até chegar no órgão molhado. Lambeu com gosto e se preparou para continuar, até sentir a mão de Beca em sua nuca a puxando de volta.

– Quero olhar para você… – Beca falou enquanto puxava Nina para um beijo quente

Sem discutir, Nina desceu a mão, que encontrou as pernas abertas de Beca. O orgasmo veio calma, sem movimentos fortes ou estocadas fortes. Elas estavam se transformando em uma só enquanto seus corpos reagiam ao tesão que sentiam. Nina gozou ao sentir a contração de Beca em torno de seu dedo. Era como se a música dos corpos estivessem em uma sintonia perfeita.

– O que fez você mudar de ideia? – Beca acariciava a barriga de Nina enquanto estava deitada em seu colo
– Achei que você tinha voltado com o Joguí…fiquei louca e vim conversar com você, não estava planejando tudo isso… – Nina respondeu um pouco sem graça
– E agora? – Beca falou sem olhar para a amiga
– Agora… – Nina não teve tempo de continuar a resposta, foi interrompida pela campainha

Beca correu até a porta do quarto. As duas estavam só de calcinha e correram para pegar toda a roupa espalhada pelo quarto. O medo é que fosse Diogo. Beca deixou Nina ainda se arrumando no quarto e correu para a porta. Ela nunca teria imaginado na surpresa.

– Alex? O que houve?

Nina já estava quase na ponta do corredor quando ouviu a voz da namorada. Parou e ficou escutando o que acontecia na sala

– Oi, Beca, estou atrapalhando? Posso conversar com você rapidinho?
– Lógico, Alex…ahn…entra vai

A cabeça de Beca passou a trabalhar de forma estranha. Ela tinha acabado de se entregar para a garota que mexia com seus desejos e sentidos e agora estava conversando com a namorada dessa mesma garota. Era muita confusão em uma única tarde e ela não sabia como reagir.

– Tá tudo bem, Alex? – Beca perguntou assim que sentaram no sofá
– Acho que sim, preciso que você me diga

Beca ficou branca na mesma hora. Será que Alex tinha descoberto algo? Será que Nina tinha conversado com ela antes de chegar ali? Será que ela viu alguma mensagem? Ou será que Joguí contou algo pra ela? E agora? Admitia ou negava tudo?

Autora_mari Veiga