Search for content, post, videos

Desejo incessante – Conto erótico da Tha

Em instantes me pego pensando no calor da sua pele, no cheiro dos seus cabelos, na sua voz roca e no barulhinho dos seus gemidos. Imagino você e eu, em um lugar distante onde o tempo não exista e onde a imensidão seja pequena para o amor que escapará de nossas almas. Sua sombra vai diminuindo à medida que você vem se aproximando de mim com os olhos faceiros e brilhantes, a cada passo dado seu cheiro fica mais forte e vai me envolvendo em uma rede de tesão.

O balanço do teu corpo me deixa inquieta e sou tomada por uma onda de desespero imerso a desejos. Seu corpo me grita e eu grito seu corpo. E um soneto de gemidos vai surgindo. Me aproximo de você e te puxo pela cintura, aperto seu corpo contra o meu, e enfim minhas mãos podem deleitar-se no caminho onde devo me perder, mas eu quero “devagar” com força e quero com a “calma” intensa. A minha mente só pensa em te querer, te querer mais e mais perto, dentro, até nossos corpos se fundirem em um único ser.

Tiro sua roupa por completo. Amarro suas mãos e te posiciono de costas na parede, abro suas pernas e dou início ao nosso ciclo: começo passando a língua ao redor do seu pescoço até sentir seus pêlos arrepiarem. Mordo sua nuca enquanto minhas mãos deslizam pela sua barriga e quadril. Toco seus seios e sinto seus mamilos rígidos. Acaricio seus mamilos primeiro com a palma da minha mão e depois com os dedos. Você pede mais… E eu faço!!! Não paro, não resisto, me rendo aos seus sussurros. Me coloco de joelhos e acaricio sua bunda com a língua. Te mordo enquanto arranho suas pernas.

Percebo seu líquido escorrendo e passo a língua no seu cu, você me implora por penetração e então penetro. Devagar, gostoso… E minha língua esta enlouquecida… Quero mais. Você começa a comer meu dedo com seu cu, seu quadril mexe e remexe… Enquanto te devoro!! Suas pernas tremem e te coloco deitada na cama. Você está suada, sem ar… Sinto sua buceta apertando e eu quero ela na minha boca. Te beijo a boca, toco seus seios, beijo seus seios e sua barriguinha, chupo seus seios…

Seu quadril está inquieto em meio a um vai e vem descomunal. Enfim, chego onde você quer. Beijo suas pernas enquanto vou te abrindo… Sinto seu corpo esquentar, sinto seu cheiro de sexo, sinto seu gozo… Minha libido esta descontrolada!! Vou me perder dentro de você… Passo a língua de leve nos seus lábios macios. Minha língua está pressionado seus lábios. Minha língua está entrando na sua buceta. Agora sinto seu grelo inchando, então eu começo a chupa-lo com mais força. Seus gemidos estão mais altos, seu quadril rebola mais rápido, suas mãos estão apertando a cama, seu corpo se contrai… É muito tesão!!

Te quero…

Te quero…

Começo a chupar seu grelo com mais intensidade e força. Meus dedos estão perdidos dentro da sua buceta… E você já não aguenta mais e explodi na minha boca. Chupo, meto, chupo, meto… E fato consumado…

sig_tha