Search for content, post, videos

Cartas à você – Cap 4

Notas iniciais do capítulo
Apreciem mais uma carta encontrada.
Ainda estou vasculhando os recantos mais escondidos para encontrar ainda mais cartas.
Espero que gostem.

Oi, Eu sou Inandra, muito prazer. Tenho 27 anos, mas ainda sou uma menina em muitos sentidos. Imatura, inocente, facilmente enganável, tenho bom coração e amo os outros acima de qualquer coisa, pois acredito que é o mínimo que podem receber de mim. Mas também tenho inúmeros defeitos e alguns traumas.
Já passei por poucas e boas na minha vida, já errei muito e já erraram muito comigo. Eu sou uma pessoa que preza pela felicidade e bem estar de todos, inclusive o meu, mas sempre tentando não ferir ninguem. Encontrei pessoas fantásticas no meu caminho, amei outras tantas, sempre buscando equilíbrio, paz, tranquilidade, alguém para dividir comigo tudo o que acontesse durante a vida.

Eu como indivíduo tenho os meus planos e metas, mas também como parte integrante de um relacionamento tento manter o equilíbrio.

Sou uma pessoa que sempre buscou elementos simples em um relacionamento amoroso. Listando os elementos: diálogo, respeito, cumplicidade, companheirismo, carinho, sinceridade e o principal, o Amor.

cartas_4Depois de tanto tempo, consegui encontrar uma pessoa que de fato abala qualquer estrutura no meu ser. Alguém que me arrebata e me arrebenta (no bom sentido claro). Foi alguém que conseguiu me despir de toda a timidez, que me fez sorrir feito boba, sem medos, sem desculpas, sem fingimentos. Eu me senti verdadeiramente completa com ela. Ela é alguem que quero dividir cada instante de minha vida, é alguem que quero ter sempre ao meu lado e poder desfrutar tanto das alegrias quanto das tristezas. Pois com ela eu quero tudo. Eu posso tudo.

Foi esse algúem que trouxe cor ao meu mundo cinza, esse alguém com esse jeito brincalhão e desligado, doce e até um pouco atrevido, que me trouxe o sorriso, é esse alguem de coração nobre e lindo que acredita. Sim no fundo ela acredita.

Queria que fosse algo singelo, até que tivesse parcas palavras. Mas com você tudo se torna amplo demais, profundo demais.

Agora o que me resta é apenas deixar um abraço apertado e um afago. Quiçá um porto seguro, para que quando quiseres fugir do mundo tenhas um local seguro. Então deixo a ti a chave do meu coração.

sig_Inna