Menu fechado

Brincadeiras do Destino – Cap 8

largeAndreia, a certinha do grupo, a irmã “perfeita” para irritacao de todas as outras e uma das pessoas mais responsáveis que existem. Sempre estudiosa tirou boas notas e fez Design devido a sua paixão por desenhos e computadores. Mesmo o pai tendo insistido para ela fazer medicina.

Aos 15 anos, depois de uma festa, sua melhor amiga, um pouco tonta de tanto beber pediu para dormir na sua casa, ela que raramente ia em festas e ainda não bebia, ficou com pena e a deixou ir junto. Dormiam sempre na cama de Andreia que era enorme e dava com sobra para as duas dormirem. Sua amiga, meio bebada, depois de conversarem sobre coisas que melhores amigas conversam, disse que tinha vontade de beija-la e pediu se podia, ela sem graça aceitou a curiosidade e resolveu testar. Gostou, mais do que imaginava gostar.

Demorou para admitir para si mesma que era gay, antes disso ficou com vários meninos para tentar sentir o que sentiu no beijo com a sua melhor amiga, mas nunca encontrou. No primeiro ano da faculdade, conheceu Diana, uma menina linda, meiga e super feminina. Em uma das festas que tinham, Andreia, que tinha começado a beber justamente por causa da faculdade, bebeu mais do que devia e contou a Diana a história de sua melhor amiga lá atrás. As duas ficaram, namoraram e casaram. Diana e Andreia se amaram profundamente, as vezes, até demais. Ficaram os 4 anos da faculdade juntas, quando terminara, Diana passou 3 meses nos EUA em um curso de especialização e quando voltou pediu Andreia em casamento. Andreia já morava sozinha, foi rápido até que Diana, enfim, se mudou de vez e as duas passaram a viver um romance desses de filme.

Não era um conto de fadas. Andreia estava com 26 anos, Diana com 25. Andreia e sua responsabilidade não combinavam com a leveza de espirito de Diana. Ela queria estar em contato com a natureza e com a alma das pessoas. Diana conheceu Camila, uma menina nova, linda e que a conquistou com toda a leveza da vida de quem tem só 20 anos.
Andreia ainda tentou, em vão, lembrar Diana de tudo que tinham vivido, da historia delas, Andreia era apaixonada por Diana, ou não. Na verdade ela estava acostumada a ter Diana, e não era muito fã de mudanças e novas fases, tinha medo.

Diana foi com Camila para um retiro espiritual ficar por 2 meses. Depois de 4, mandou uma carta para Andreia contando como era e dizendo que amava ela, mas que as suas almas não foram feitas para estarem juntas. Andreia guardou esta carta no fundo de um baú com as coisas de Diana e mandou para uma igreja que ajudava pessoas carentes. Deixou esse passado para trás e resolveu seguir em frente. Falta pouco para completar 1 ano que isso tudo aconteceu, mas ela já está bem melhor. Decidiu que a vida era melhor do que ela estava vivendo.

Agora ela corre na praia sempre que pode, para poder pensar nos seus problemas e na vida. Isso ajuda, além de dar a chance de ver pessoas novas por aí.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Dúvidas? É só chamar aqui!