Search for content, post, videos

Below Her Mouth – Nós assistimos!

Poderíamos até dizer que esse filme estava sendo bem aguardado pelo público. Com algumas aparições em festivais de cinema pelo mundo, ele vinha sendo divulgado e até esperavam que fosse um grande representante da temática lésbica no cinema.

A melhor notícia sobre o filme, para começarmos, é que ele já está disponível no catálogo do Netflix – talvez em alguns países ainda não esteja liberado, mas em outros está. Sendo assim, não precisamos, necessariamente, recorrer a métodos levemente ilícitos para assistir. E justamente por isso, em uma manhã de folga, decidi matar a minha curiosidade.

A história não é uma grande novidade. A super-hétero-certinha-com-um-noivo-quase-perfeito acaba indo a um bar para mulheres em uma noite de amigas. Lá ela conhece Dallas. Na verdade, não é a primeira vez que elas se encontram já que Dallas trabalha em uma obra bem perto da casa de Jasmine.

Esse tema de hetero-se-apaixona-por-lesbica-ativa não é nenhuma novidade. Inclusive, acredito que esse plot seja bem batido e talvez o ponto negativo do filme. Mas não desistam tão cedo assim dele. Apesar de uma temática já explorada, o filme tem pontos positivos e ouso dizer que é um bom representante para a categoria lésbica de filmes.

Entre os pontos positivos, para quem gosta – obviamente -, o filme é recheado de cenas de sexo. Ahhh, então é um porno disfarçado? Na verdade não. Quando elas se conhecem, não demora muito para se apaixonarem. Sabe aquele fogo que parece que nunca será saciado? Aquele sentimento de que você não consegue se afastar da pessoa de forma alguma? É bem por aí.

No balanço final, o filme é bom. Não sei se valeria o ingresso do cinema, mas já que está disponível no Netflix, definitivamente vale o tempo “perdido” e a pipoca de microondas.

Ahhhh, talvez o final seja melhor do que você imagina.

 

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.