Search for content, post, videos

Anna – Cap 17

Para relembrar da onde paramos, é só clicar aqui

Quando se está em uma fase complicada da vida e parece que estamos na pior de todas, existe uma sensação de que o tempo estaciona e leva uma eternidade pra passar novamente. Era assim que Anna se sentia, anestesiada. Porém, quando entendemos que só depende de nós pra mudar as coisas, entramos na fase de fortalecimento e amadurecimento.

Enquanto sua mãe se recuperava na cama, Anna acordou no sofá com uma batida na porta. Era alguém chamando. Já eram oito da noite e não se costumava receber visitas a essa hora lá. Quando Anna abriu, não soube lidar com a surpresa… Era ela, sua menina! A antiga namorada que tanto amou, mas por ironia do destino, não conseguiu permanecer ao seu lado.

– Eu sei que você está magoada comigo, mas por favor, deixe eu ficar…

Ela sempre foi linda aos olhos de Anna. Pele morena, corpo torneado, cabelos longos e ondulados até a cintura. Parecia uma sereia negra. Por mais que Anna tivesse toda uma história e um final ruim com ela, sua amizade nunca foi esquecida.

– Que bom te ver… – Disse Anna com uma expressão de alívio e dor ao mesmo tempo.

– Eu vim por você… – Disse a menina, mas Anna não queria conversar sobre aquele assunto, estava saturada e pensou em mandar a menina embora.

– Olha, Alexandra, eu não quero te dispensar mas… Hoje não é um bom dia pra mim. Me desculpe!

– Eu sei disso. Por isso estou aqui! A Tia Dulce me ligou e me contou o que aconteceu e eu vim te apoiar… Prometo que não digo uma palavra, se você não quiser…

Anna não queria brigar. Permitiu que Alexandra entrasse e sentaram no sofá. O clima era estranho. Havia muito tempo que não se falavam. Mas bastou o silêncio e algum tempo próximas pra deixarem todo o mundo de lado e o colo da morena se tornar o porto seguro de Anna novamente. Então ela adormeceu envolvida em um abraço e o carinho de Alexandra, que a observava com ternura.

A noite demoraria a passar, mas dessa vez, com a permissão de todos.

sig_Lu.png